Licenciar um produto da vida real nos videogames foi apenas uma parte do desenvolvimento de Gran Turismo 7, com a outra parte do projeto envolvendo a inserção de referidos produtos dentro do jogo. E de qual produto estamos falando? Carros, ora.

O jogo de corrida exclusivo do PlayStation conta com mais de 400 carros disponíveis para suas corridas – fora as atualizações futuras: entre nomes de peso como Aston Martin, BMW e Ferrari, todos os bólidos do jogo são representações digitais fiéis a modelos que existem na vida real. Então imagine o tempo dedicado para desenhar e animar cada um deles durante o desenvolvimento do título…

Gran Turismo 7

Imagem: Divulgação

Na verdade, não precisa imaginar: segundo Kazunori Yamauchi, CEO do estúdio Polyphony Digital (o estúdio por trás do jogo), cada carro de Gran Turismo 7 levou em torno de 270 dias entre a sua conceitualização e sua implementação final. Considerando que um ano tem 365 dias, estamos falando aí de um pouquinho mais que um carro (mas menos que dois) por ano.

A informação veio por parte do próprio CEO, que compartilhou informações técnicas do jogo como parte de uma “ronda” oferecida à mídia japonesa pelo estúdio: Gran Turismo está celebrando 25 anos de vida e as interações com a imprensa (traduzidas pelo GT Planet) são parte das comemorações.

Essa é uma hora interessante para lembrarmos que os mais de 400 carros presentes em Gran Turismo 7 são menos que a metade do que vimos em Gran Turismo 5 e 6, cuja conta passava dos mil automóveis. Segundo Yamauchi, o desejo é que o jogo atual supere essa marca, mas até agora, a atualização mais recente entregou “apenas” 30 bólidos esportivos – o executivo espera dobrar essa média e entregar 60 carros por ano.

Isso também nos diz outra coisa: um eventual Gran Turismo 8 deve demorar a chegar: Yamauchi confirmou que não há nenhuma intenção do estúdio (ou da Sony, a dona dele) de fazer de Gran Turismo uma marca do setor de “jogos-como-serviço” (“GaaS”, na sigla em inglês) – o que significa que os lançamentos numerados vão continuar.

Na prática, isso indica que Gran Turismo 7 tem uma existência com um fim premeditado. Yamauchi não sabe determinar quando será este fim, mas certamente parece estar trabalhando com sua equipe para entregar o máximo de conteúdo que puder dentro deste espaço de tempo.

Em nosso review do jogo, o Alvaro disse:

“Por sua vez, uma grande sacada neste modo é que (…) alguns modelos têm o seu estoque limitado. Não somente isso, a seleção de carros disponíveis é rotativa, então, caso tenha visto algo bom, compre antes que seja tarde demais. Pessoalmente, gostei bastante dessa abordagem, já que assim me senti motivado a voltar à loja mais vezes.

Já na ‘Brand Central’, os jogadores encontrarão carros novos separados por marcas, que possuem vídeos para mostrar quais os seus principais destaques e curiosidades. Aqui, a seleção é menos rotativa, mas às vezes o jogador ganha convites para encontrar carros que nem sempre estão disponíveis para serem comprados.”

Gran Turismo 7 foi lançado em março de 2022, exclusivamente para os consoles PlayStation.

via GT Planet

Referência: https://tecmasters.com.br/gran-turismo-7-carros-quase-um-ano/